terça-feira, 14 de novembro de 2017

Aromaterapia

AROMATERAPIA


Os aromas desempenham um papel importante nas nossas vidas. Todos nós temos os nossos aromas preferidos e, muito frequentemente, o sentir de um deles pode provocar-nos não só as mais diversas sensações (agradáveis ou não), como trazer-nos até recordações. Aliás, o olfacto parece ser um dos nossos sentidos mais apurados. A aromaterapia consiste precisamente no uso de óleos essenciais ou seja,extractos obtidos de plantas, flores, frutos, troncos,raízes, e resinas, com o objectivo de provocar uma resposta do nosso organismo no sentido de promover o seu equilíbrio e bem-estar e, em alguns casos, tentar melhorar a nossa saúde. Cada óleo essencial tem características próprias e um aroma particular.

A utilização destes óleos data desde a Antiguidade  (Egípcios, Gregos e Romanos), tendo sidoutilizados para as mais diversas finalidades  (embalsamento, perfumes, rituais religiosos, banhosmassagens, etc.). No entanto, foi cerca de 1920, que um químico francês, após ter queimado acidentalmente uma mão, na qual aplicou posteriormente óleo de lavanda por ser a única terapia disponível no momento, constatou que, não só os sinais e os sintomas da que queimadura regrediram muito rapidamente, como não restou qualquer cicatriz. Isto levou-o a estudar as acções terapêuticas dos óleos essenciais, dando origem ao que hoje em dia conhecemos por Aromaterapia.Esta técnica tem vindo a conquistar cada vez mais adeptos, sobretudo na França, Alemanha e ReinoUnido, onde se têm inclusivamente levado a cabo estudos em hospitais, no sentido de avaliar ocontributo da aromoterapia para a melhoria do estado dos pacientes, particularmente no que diz respeito à sua vertente calmante e relaxante. Os óleos essenciais podem ser usados, quer isoladamente, quer misturados e os seus efeitos apreciados através de:

- Massagens - talvez a forma mais popular e uma daquelas em que os óleos são absorvidos através da pele.

sexta-feira, 3 de novembro de 2017

A massagem

MASSAGEM

Pode definir-se a massagem como a manipulação directa de tecidos moles do corpo (músculos, pele, tendões e tecido conectivo) e a manipulação indirecta dos fluidos dos sistemas circulatório e linfático. Ajuda a reduzir o stress e a tensão muscular e a aliviar algumas dores. Actualmente, milhões de pessoas em todo o mundo recorrem à massagem como forma de ajudar a manter a saúde e o bem-estar.

Um pouco de história:
É uma das formas de terapia mais antigas do Mundo e aplica-se numa enorme variedade de situações. Na Antiguidade, gregos e romanos praticavam métodos de massagem com o fim de aliviar a dor. Segundo pinturas murais, objectos de cerâmica e gravuras de países como o Egipto, Índia, Pérsia e Japão esta técnica fazia parte do dia-a-dia desses povos. Durante a Idade Média, o seu uso foi praticamente abandonado no Ocidente, assumindo de novo destaque no início do século XIX, através do ginasta sueco Per Henrik Ling (1776-1839) que aliou conhecimentos de ginástica à prática de massagem aprendida na China criando assim, a técnica que ficou conhecida por Massagem Sueca. No Oriente, a massagem é aceite de forma tão natural que a maior parte das pessoas recorrem a ela regularmente. No Ocidente, tem vindo a ganhar realce, sobretudo a nível desportivo e, recentemente, o seu campo de utilização tem vindo a alargar-se significativamente.

Uma terapia complementar:
A massagem não pode ser encarada como uma cura, mas sim como uma terapia complementar, pois contribui para a melhoria do estado geral de saúde, actuando como complemento de outras formas de tratamento. A massagem clássica inclui 4 manipulações básicas: deslizamento (movimentos lentos e ritmados); fricção ou pressão (movimentos pequenos e circulares); batimento/percussão (movimentos curtos, rápidos e ritmados); amassamento (agarrar e amassar os músculos uns contra os outros).

Benefícios:
De uma forma geral, a função mais eficaz da massagem é a descontracção do corpo e da mente, aliviando a tensão e o stress diários. Porém, de acordo com a técnica usada, a velocidade e a intensidade dos movimentos, a massagem também pode ser estimulante em vez de calmante: tudo dependerá do objectivo. Assim, pode fazer com que uma pessoa se sinta alerta e preparada para participar, por exemplo, numa prova desportiva. A massagem pode aliviar tensões, eliminar dores (de cabeça, de costas, de síndroma pré-menstrual, etc.) e relaxar músculos tensos e doloridos. Problemas como a depressão ligeira, a insónia, a irritabilidade, a tensão, o cansaço, o stress ou o mau humor podem ser aliviados pelo recurso à massagem. Esta técnica é muitas vezes utilizada como coadjuvante de tratamentos médicos, ajudando na recuperação e tratamento de lesões traumáticas, desportivas, sequelas de acidentes vasculares cerebrais, em certos casos pós-operatórios, etc. Pode ainda contrariar a imobilidade e atrofia muscular de certos idosos ou de pessoas com pouca mobilidade (ex. doença de Alzheimer). A massagem é amplamente usada em tratamentos de beleza com o objectivo de, por exemplo, ajudar a reduzir a celulite.

Relaxe de forma natural e renda-se a uma boa massagem, aumentando o seu bem-estar.

Espero por Si, para poder comprovar tudo isto! Não perca

sexta-feira, 9 de setembro de 2016

Curiosidades do nosso CORPO


1. Se você estiver com a garganta doendo, aperte seu ouvido:
Pressionando os nervos do ouvido, ele vai gerar um reflexo imediato nos espasmos da garganta e alivia o desconforto

2. Para ouvir melhor utilize apenas um lado da orelha:
Se você está em um clube e não ouvir bem o que as pessoas estão dizendo, vire a cabeça e use apenas a orelha direita, uma vez que ela distingue melhor as conversações, enquanto a esquerda identifica músicas de som.

3. Para resistir à tentação de ir ao banheiro pense em sexo:
Quando não resistir à vontade de urinar e não tiver um banheiro por perto, pense em sexo. Isso vai entreter o seu cérebro e reduzirá o estresse.

4. Provoque tosses para reduzir a dor:
Um grupo de cientistas alemães descobriram que quando você espirra, aumenta a pressão no peito e coluna vertebral, inibindo, assim, dores na coluna.

5. Se você estiver com o nariz entupido:
Pressione o céu da boca e o nariz. Toque o céu da boca firmemente com um dedo, segurando o nariz abaixo das sobrancelhas. Isso permitirá que as secreções possam se mover e você volta a respirar.

6. Quando você tiver com azia, durma sobre seu lado esquerdo:
Isto cria um ângulo entre o estômago e do esófago, de modo que o ácido não pode passar para a garganta.

7. Quando um dente dói esfregue um cubo de gelo em sua mão:
Você deve passar um pedaço de gelo na área, em um "v" que tem entre o polegar e o dedo indicador contra a palma da mão. Isto reduz em 50% a dor, pois este setor está ligado aos receptores da dor da face.

8. Quando você se queimar, pressione o ferimento com um dedo:
Após a limpeza da área afetada, pressione com a mão sobre a queimadura, assim ela retornará a temperatura inicial e evitará bolhas. (Para pequenas queimaduras, apenas)

9. Quando você estiver bêbado:
Repouse a mão sobre uma mesa ou superfície estável. Se você fizer isso, seu cérebro vai recuperar o sentido de equilíbrio e evitará que tudo gire ao seu redor.

10. Ao correr, respire quando o pé esquerdo pisar o chão.
Isto irá prevenir sentimento de comichão no peito, porque se você respirar quando você coloca o pé direito, fará pressão no fígado.

11. Se sangrar o nariz, empurre com o dedo:
Se você deitar com o sangue escorrendo poderá se sufocar, por isso é melhor pressionar o dedo sobre o lado do nariz quando você tiver sangramento.

12. Para controlar o batimento cardíaco quando você está nervoso
Coloque o polegar na boca e assopre, isso irá ajudar seu coração parar de bater tão rápido a partir da respiração.

13. Para aliviar uma dor de cabeça quando você bebe água gelada:
Quando você beber algo congelado, resfria o paladar e o cérebro interpreta. Então você deve colocar a língua no céu da boca para retornar à temperatura normal.

14. Previna a falta de visão quando você está na frente do PC:
Quando você coloca seus olhos em um objeto próximo, como um computador, a vista fica cansada e não consegue enxergar direito. Por isso, feche os olhos, contraia o corpo e prenda a respiração por um momento. Então, relaxe. Remédio santo.

15. Desperte suas mãos e pés adormecidos movendo sua cabeça:
Quando você dorme, um braço ou uma mão, gire a cabeça de um lado para o outro e sentirás a dormência passar dentro de 1 minuto. Os membros superiores adormecem pela pressão sobre o pescoço. Igualmente para pernas e pés, leva alguns segundos.

16. Uma maneira fácil de prender a respiração debaixo d'água:
Antes de mergulhar, fazer respirações muitos rápidos e fortes para fazer o sangue ácido desaparecer, pois isso é que causa a falta de ar.

17. Memorize textos à noite:
Tudo o que você ler antes de dormir, o mais fácil de lembrar ...

terça-feira, 12 de julho de 2016

O que é a Aromoterapia

A aromoterapia é o uso terapêutico dos óleos essenciais para promover o bem-estar físico, mental e emocional. Os óleos essenciais contêm componentes voláteis de flores, plantas, raízes, sementes, frutos, madeira e resinas.
Com estes óleos, cada espécie de planta tem um cheiro específico. O uso de óleos essenciais não é uma terapia nova. desde tempos imemoriais que os óleos essenciais têm vindo a ser usados pelos seus efeitos benéficos no corpo e na mente.
Os óleos essenciais possuem várias qualidades poderosas: acalmam, estimulam, relaxam, e contribuem também para eliminar o stress e as tensões da vida moderna. A inalação, via oral ou aplicação via cutânea destes óleos essenciais 100% naturais, permite contribuir para o equilibrio harmonioso entre o corpo e a mente.
A utilização correta e refletida dos óleos essenciais 100% puros e naturais proporciona grandes benefícios tanto aos jovens como aos menos jovens.

Beneficie pois da sua massagem relaxante ou terapêutica com aromoterapia, adaptada ao seu gosto ou, à sua necessidade e sinta a diferença.

quarta-feira, 23 de março de 2016

Massagem - Porque faz bem à saúde

Mais do que pura luxúria e "dolce fare niente", a verdade é que as massagens fazem bem à saúde, principalmente quando forem realizadas com alguma regularidade. Quando é que marca a sua?


- Com benefícios físicos, mentais e emocionais, quando parte integrante da sua rotina de bem-estar, as massagens têm efeitos doradouros e são ainda um dos motivos pelas quais algumas mulheres adoecem menos.
- As massagens reduzem as tensões acumuladas e combatem as insónias, contribuindo para noites mais descansadas.
- Uma boa massagem acalma o sistema nervoso, estimula o sistema imunitário e contribui para o funcionamento pleno do sistema digestivo.
- As massagens ajudam a desenvolver e a manter uma boa postura.
- É benéfica para combater a fadiga física, aliviar dores de cabeça/enxaquecas e olhos cansados.
- Torna-nos mais conscientes dos nossos próprios corpos, sendo que o próprio toque humano cria uma ligação saudável entre corpo e mente, potenciando ainda a auto-estima, concentração, criatividade e clareza da mente.
- Diz-se também que as massagens, para além de terem um efeito rejuvenescedor, contribuem para uma pele saudável.
- As próprias tecnicas de massagem distribuem oxigénio e nutrientes essenciais a todas as células do organismo o que, por sua vez, estimula a circulação sanguínea.
- As massagens melhoram o desempenho e funcionamento pleno do sistema linfático, ou seja, são um excelente desintoxicante, na medida em que proporcionam a libertação de toxinas do organismo.
- Uma massagem é um excelente tratamento para problemas musculares - principalmente dores, espasmos e cãibras - ajudando ainda na sua prevenção.
- Uma boa massagem é um excelente antidepressivo natural que diminui os níveis de ansiedade e stress, motivando uma tranquilidade ímpar, um relaxamento físico, mental e emocional que pode ter efeitos duradouros.

- Desde que saiba tirar o melhor partido de uma massagem, sairá da sessão sentindo-se relaxado, com energias renovadas e com uma sensação de leveza inigualável, o que é particularmente benéfico para quem tem uma vida altamente stressante.

segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

Acima de tudo RELAXAR

A base de todos os restantes tipos de massagens, a verdade é que a massagem de relaxamento é uma derivação da massagem sueca, sendo a principal diferença a pressão, intensidade e velocidade dos movimentos que, na massagem de relaxamento, são mais lentos, menos profundos e menos intensos. Tendo como principal objetivo acalmar e relaxar, eliminando tensões e ansiedades, a massagem de relaxamento consegue ainda despertar sentidos, devolvendo ao corpo a sua energia e vitalidade natural. Em adição, a massagem de relaxamento melhora o aspeto da pele, a circulação sanguínea, estimula o sistema linfático (contribuindo assim para a desintoxicação do organismo), mantém os movimentos musculares e articulares a funcionar em pleno, aliviando ainda pequenas dores ou desconfortos. Com efeitos duradouros, esta é uma excelente massagem para principiantes… que certamente irão ficar viciados neste que é um dos mais puros prazeres corporais.

Ambiente sereno
A massagem de relaxamento realiza-se numa sala de tratamento tranquila, normalmente a meia-luz ou à luz de velas, em silêncio ou com música ambiente suave. Deitada sobre a marquesa de estética, recomenda-se a nudez total (a zona genital fica coberta com uma cueca), no entanto, o terapeuta tapa e destapa as partes do corpo à medida que vai efectuando a massagem, para que a temperatura corporal não baixe e para manter confortável quem recebe a massagem. A pressão aplicada vai da intensidade ligeira a média, sendo a massagem de relaxamento maioritariamente composta por movimentos suaves e lentos, que percorrem todo o corpo, dos pés à cabeça, incluindo o rosto. Para garantir a suavidade dos movimentos, é normal o terapeuta recorrer a um óleo de massagem que torna a massagem mais agradável e até perfumada. O relaxamento que esta massagem proporciona é tão intenso e eficaz, que não é raro as pessoas adormecerem – nestes casos, o terapeuta deixa a sala de tratamento enquanto a pessoa não volta a despertar. O final do tratamento – que pode durar entre 60 e 120 minutos – pode ainda implicar a aplicação de um creme hidratante em todo o corpo.

Top 7 benefícios de uma massagem de relaxamento
Todas as massagens têm de ser, aproveitadas ao máximo de forma a potenciar cada um dos seus benefícios, que são muitos e positivos. A massagem de relaxamento não é exceção:
Estado corporal: a massagem de relaxamento tem o dom de adaptar-se ao estado anímico de qualquer pessoa – se essa estiver exausta, a massagem terá um efeito enérgico e revitalizador; se por outro lado, a pessoa estiver agitada e ansiosa, a massagem terá um efeito sereno e calmante.
Equilíbrio do corpo: uma massagem de relaxamento trabalha para reequilibrar o organismo, assegurando o funcionamento pleno dos sistemas circulatório, linfático, respiratório, músculo-articular e digestivo.
Sintomas físicos: para além de permitir e motivar a autorregulação do organismo humano, as massagens de relaxamento têm uma ação direta sobre os mais variados sintomas físicos – dores musculares, reumatismo, artrite, tensão nervosa, dores de cabeça, enxaquecas e insónias.
Equilíbrio da mente: está mais do que comprovado que o poder curativo das massagens de relaxamento está também na sua capacidade de regenerar o cérebro, fortalecendo os níveis de atenção e concentração, potenciando os níveis de criatividade e imaginação.
Conforto físico: todos os seres humanos necessitam do toque humano e o contacto físico proporcionado por uma massagem de relaxamento traz um conforto emocional inexplicável, mas fundamental.
Autoestima em alta: é impossível negar o efeito psicológico e emocional que uma simples massagem de relaxamento tem sobre a nossa autoestima sentimo-nos melhores connosco próprios, por dentro e por fora, e com a sensação de que tudo é possível.
Escape emocional: as massagens de relaxamento já provaram ser verdadeiros escapes emocionais, onde a serenidade e calma proporcionadas, levaram à libertação de emoções contidas, positivas e negativas, para uma verdadeira purificação emocional.


“Pela sua saúde e bem estar”

quarta-feira, 11 de novembro de 2015

Efeitos da Massagem


- ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL
- EXERCÍCIO FÍSICO
- MASSAGEM RELAXANTE

Fazendo regularmente uma massagem corporal completa, associada a uma alimentação saudável e meia hora de exercício físico são os elementos chave para uma vida saudável, relaxante e tranquila.

Os tipos de massagem disponíveis são:
- Massagem relaxante
- Massagem sueca (igual à massagem relaxante mas com mais pressão)
- Massagem com pedras quentes
- Massagem com infra-vermelhos

Pode também optar, de acordo com o seu estado físico e mental, por uma massagem localizada como sejam:
- Rosto
- Costas
- Abdómen
- Pernas e pés
- Braços e mãos

Dedique algum tempo da sua vida a si própria, com regularidade e sinta a diferença, no seu dia-a-dia.

Melhore a sua saúde física e mental!